Advocacia Cível, Consumidor e Família

Controle de Processos

Notícias e Artigos

Criadores da Judi, assistente virtual do TJSP, se reúnem com presidente Pereira Calças

Servidores e magistrados participam do projeto.           O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, reuniu-se, hoje (14), com a equipe responsável pela criação e implantação da “Judi”, assistente virtual do TJSP voltada para atendimento do cidadão que busca informações sobre os Juizados Especiais Cíveis. Na última quinta-feira (10), teve início a fase beta do projeto, estágio inicial para aprimoramento do software, que mostra a Judi para parte das pessoas que acessam o site do TJSP (de 1 a 10%, aleatoriamente). Após esse período, a assistente será disponibilizada para 100% dos usuários, o que deve ocorrer ainda neste mês.         Pereira Calças falou sobre sua satisfação com o projeto e agradeceu o empenho da equipe. “Os senhores são exemplo de comprometimento e idealismo. Esse é um projeto com foco na cidadania, que busca facilitar a vida do jurisdicionado, especialmente das pessoas que desconhecem os trâmites da Justiça e que precisam de informações simples e rápidas”, ressaltou o presidente. As juízas Maria Rita Rebello Pinho Dias e Paula Lopes Gomes, assessoras da Presidência para a área de Tecnologia, Gestão e Contratos, destacaram que a Judi foi desenvolvida com a participação de servidores e magistrados de persos setores – Juizados Especiais Cíveis, responsáveis pelo conteúdo das informações do robô; Secretaria de Tecnologia da Informação, que cuidou do desenvolvimento; e Comunicação Social, que desenvolveu a identidade visual e linguagem. “Esse é um trabalho colaborativo. Todos contribuíram para alcançarmos o resultado. E gostaria de agradecer, especialmente, aos servidores Luciana de Paula, do Juizado Especial de Pinheiros, e Djair Ferreira da Silva, do Juizado do Butantã, que doaram seu tempo para nos auxiliar”, afirmou Paula Gomes. Maria Rita Pinho contou ao presidente que a avaliação das pessoas que utilizaram a “Judi” tem sido positiva.         Além das magistradas, participaram da reunião os secretários Tatiana Aparecida Coelho Marchi (Presidência) e Roberio Pinto Souza (Tecnologia da Informação) e os servidores dos Juizados de Pinheiros e Butantã, respectivamente, Luciana de Paula e Djair Ferreira da Silva; os servidores da STI Wagner Dias Gomes, Amaro Kanashiro, Gláucio Palão, Rene Fernandes Barbosa e Danilo Fernandes Nunes; e as servidoras da Diretoria de Comunicação Social Carla Dazzi e Jenifer Yoko Takaki.           Judi         O objetivo do projeto é facilitar a vida do cidadão que mais precisa da Justiça. Como parte das causas atendidas pelos Juizados Especiais Cíveis não necessita de acompanhamento de advogado, muitos cidadãos que procuram as unidades precisam retornar, porque, por desconhecerem os procedimentos, não levam a documentação necessária. Há pessoas que perdem a viagem, pois buscam auxílio para causas que não são de competência da Justiça Estadual (por exemplo: ações trabalhistas). A Judi procura ajudar os jurisdicionados com as informações necessárias para a distribuição do processo. Desde quinta-feira (10), algumas pessoas que acessam o site do TJSP já encontram a “Judi”, robô virtual que está à disposição para esclarecer dúvidas.  No início do projeto, de um até 10% dos usuários do site (aleatoriamente) visualizarão a “Judi”. Após a fase de avaliação do projeto, a assistente será disponibilizada para 100% dos usuários. Sugestões podem ser enviadas para judi@tjsp.jus.br.                    imprensatj@tjsp.jus.br
14/10/2019 (00:00)
Visitas no site:  311805
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.