Advocacia Cível, Consumidor e Família

Controle de Processos

Notícias e Artigos

Kleber Leyser de Aquino e Maurício Valala são os mais novos desembargadores do TJSP

Solenidade de posse foi realizada no Palácio da Justiça.     O Tribunal de Justiça de São Paulo celebrou ontem (11) a posse solene de dois novos desembargadores: Maurício Valala e Kleber Leyser de Aquino. Magistrados de carreira, foram recebidos no Palácio da Justiça, sede da Corte, por colegas, representantes dos Três Poderes, operadores do Direito, amigos, familiares e servidores da Justiça em cerimônia que coroou trajetórias de sucesso no Judiciário Bandeirante.     Coube ao desembargador Roberto Caruso Costabile e Solimene a saudação, em nome do TJSP, a Maurício Valala. Amigo do empossado há mais de 30 anos, Costabile e Solimene trouxe um resumo da carreira do homenageado. “Por seu mérito incontestável, por sua elevada competência profissional, por sua destacada honestidade e por sua marcante coragem moral, galgou cada cargo na Justiça Paulista e fez-se a si mesmo magistrado ímpar, cuja carreira só engrandeceu ainda mais os quadros do nosso Tribunal”, declarou. Já a saudação a Kleber Leyser de Aquino ficou a cargo do desembargador Antonio Carlos Malheiros. “Abrilhantou com seus excelentes votos nossa 3ª Câmara de Direito Público”, declarou ele. “Chegando cedo e saindo tarde de seu gabinete, analisava, com profundidade, todas as questões que eram postas em cada recurso”, contou.     “Aqui nunca devemos esquecer e ressaltar a responsabilidade sobre os ombros de se levar a cabo a missão, com galhardia”, afirmou em seu discurso de posse o desembargador Maurício Valala. “Sempre continuar com a toga inconsútil, íntegra, sempre a serviço da Justiça e do povo da Terra de Piratininga e daqueles que por opção acolheram-na como sua”, proferiu ele.     Ao tomar a palavra, o desembargador Kleber Leyser de Aquino rememorou as lições auferidas em mais de 30 anos de Magistratura. “Só a comunhão de esforços de todos para o bem legal faz a prestação jurisdicional ser a mais rápida possível e justa”, declarou. “Da minha parte, senhor presidente, tenha certeza que não faltaram e nem faltarão esforços extraordinários para retribuir com uma prestação jurisdicional adequada”, ressaltou.     “Ambos lutaram muito para conquistar o elevado cargo de desembargador do egrégio Tribunal de Justiça de São Paulo”, afirmou o presidente da Corte, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças. O magistrado destacou a devoção à Justiça, retidão no cumprimento do dever e a ilustração dos dois empossados. “Cada um deles ao tomar a palavra deu depoimentos de amor: aos pais, à família, aos filhos, à Pátria e aos antepassados”, ressaltou o presidente. Segundo ele, o sentimento está na essência da prestação do serviço público. “Servir é um ato de amor”, disse Pereira Calças.     Maurício Valala nasceu na capital paulista no ano de 1960. Graduado pela Faculdade de Direito na Universidade de São Paulo (turma de 1988), foi escrevente técnico judiciário do Tribunal de Justiça de São Paulo entre 1981 e 1989. Ingressou na Magistratura em outubro de 1989, nomeado para a 45ª Circunscrição Judiciária, com sede em Mogi das Cruzes. No ano seguinte foi promovido para o Foro Distrital de Ilhabela e no outro para a 2ª Vara Criminal da Comarca de Sorocaba. Em 2002 foi removido para a 3ª Vara Criminal da mesma Comarca, posto que em permaneceu até 2004, quando promovido para a 27ª Vara Criminal Central da Comarca de São Paulo. Em 2012 tornou-se juiz substituto em 2º grau, cargo que ocupou até a recente promoção, decorrente da aposentadoria do desembargador Paulo Dimas Debellis Mascaretti.      Kleber Leyser de Aquino nasceu em 1957 na cidade do Rio de Janeiro. Foi aluno oficial da Academia de Polícia Militar Barro Branco de 1977 a 1979 e atuou na Polícia Militar de São Paulo entre 1980 e 1988, como oficial e instrutor. É graduado pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (turma de 1986). Em 1988 ingressou no Ministério Público de São Paulo e no ano seguinte na Magistratura, nomeado para a 34ª Circunscrição Judiciária, com sede em Piracicaba. Ao longo da carreira judicou nas comarcas de Jundiaí, Santa Cruz das Palmeiras, Ferraz de Vasconcelos, Mauá, Capital e Santo André. Em 2004 assumiu a 2ª Vara da Família e das Sucessões do Foro Regional do Tatuapé, permanecendo no cargo até 2016, quando se tornou juiz substituto em 2º grau. Assume o posto decorrente da aposentadoria do desembargador Sérgio Rui da Fonseca.     Também participaram da solenidade o secretário de Estado da Justiça e da Cidadania, desembargador Paulo Dimas Debellis Mascaretti, representando o governador; o vice-presidente do TJSP, desembargador Artur Marques da Silva Filho; o corregedor-geral da Justiça do Estado de São Paulo, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco; o presidente da Seção de Direito Criminal do TJSP, desembargador Fernando Antonio Torres Garcia; o senador Major Olímpio; o deputado federal Celso Russomano; o secretário municipal de Justiça, Rubens Rizek, representando o prefeito; o diretor da Escola Paulista da Magistratura, desembargador Francisco Eduardo Loureiro; a desembargadora Doris Ribeiro Torres Prina, representando a presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região; a defensora pública coordenadora do Núcleo de Segunda Instância e Tribunais Superiores, Luciana Jordão da Motta Armiliato de Carvalho, representando o defensor público-geral; o presidente do TJSP no biênio 2014/2015, desembargador José Renato Nalini; o secretário-executivo da Secretaria de Segurança Pública, coronel PM Camilo, representando o secretário; o subsecretário de Defesa Animal, tenente-coronel PM Ronaldo Miguel Vieira, representando o secretário chefe da Casa Militar do Estado de São Paulo; os deputados estaduais Conte Lopes, Coronel Telhada e Tenente Nascimento; o corregedor da Polícia Militar do Estado de São Paulo, coronel PM Marcelino Fernandes, representando o comandante-geral; o delegado de polícia diretor do DHPP, Domingos Paulo Neto, representando o delegado-geral; o corregedor-geral da Polícia Civil do Estado de São Paulo, Rui Bacarat Guimarães Pereira; o presidente da Magiscred, desembargador Cláudio Hamilton Barbosa; o ex-presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, desembargador Mário Devienne Ferraz; o ex-presidente da Seção de Direito Público do TJSP, desembargador Ricardo Mair Anafe; o diretor para Assuntos Institucionais e Parlamentares da Associação Paulista do Ministério Público, procurador de Justiça Walter Tebet Filho, representando o presidente; o 2º tesoureiro da Associação dos Advogados de São Paulo, Rogerio de Menezes Corigliano, representando o presidente; o chefe da Assessoria Policial Militar do TJSP, coronel PM Sérgio Ricardo Moretti; o delegado-chefe da Assessoria Policial Civil do TJSP, Fábio Augusto Pinto; o presidente do Rotary Club de São Paulo, coronel médico PM Luiz Álvaro de Mendes Filho; magistrados, integrantes do Ministério Público, defensores públicos, advogados, militares, familiares, amigos e servidores da Justiça.     Mais fotos no Flickr.              imprensatj@tjsp.jus.br
12/03/2019 (00:00)
Visitas no site:  182791
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.