Advocacia Cível, Consumidor e Família

Controle de Processos

Notícias e Artigos

Saúde preventiva: vai começar a Campanha CAASP de Vacinação contra Gripe, neste ano mais em conta para a advocacia

Começa nos próximos dias a Campanha CAASP de Vacinação contra Gripe 2019, que percorrerá todas as Subseções da OAB-SP. A ação destina-se a advogados, advogadas, estagiários, estagiárias e dependentes e, neste ano, a imunização sairá mais em conta para a advocacia: R$ 58,00, contra os R$ 65,00 praticados na edição passada, sendo gratuita a aplicação àqueles com idade superior aos 65 anos. Será aplicada a vacina quadrivalente, que imuniza contra gripes sazonais e H1N1.“A Diretoria trabalhou intensamente para a redução do preço da vacina neste ano, sem repassar os aumentos e a incidência de inflação, dentro de uma gestão responsável e com o compromisso de beneficiar exclusivamente a advocacia, cumprindo a finalidade da nossa entidade”, afirma a vice-presidente da CAASP, Aline Fávero, responsável pelo setor de saúde.“Conseguimos reduzir o preço da vacina para a advocacia em mais de 10%, mesmo não tendo recebido doses doadas pelo Conselho Federal da OAB, como antes acontecia”, salienta o presidente da CAASP, Luís Ricardo Davanzo. “Convidamos os colegas de todo estado a participar da campanha, afinal, hábitos preventivos são a forma mais eficiente e barata de cuidar da saúde”, concita o dirigente.Nos próximos dias, os veículos de comunicação da CAASP publicarão o cronograma da campanha, com datas e horários em que as equipes de vacinação estarão em cada uma das subseções da OAB-SP, bem como na sede da Caixa de Assistência. Também será detalhado o sistema para aquisição das guias de participação.A gripe é uma doença altamente contagiosa, transmitida por gotículas respiratórias que facilmente se disseminam no meio ambiente, ações simples como lavar as mãos e evitar tocar boca e nariz podem evitar contaminação com o vírus influenza. Como muitas vezes não se pode evitar o contato com pessoas infectadas, a solução mais eficaz é tomar a vacina, indicada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como maneira efetiva de se prevenir contra a doença, que pode mudar a rotina de vida do paciente e determinar a ausência ao trabalho.A vacina contra gripe não pode ser administrada em indivíduos com histórico de reação alérgica a componentes do ovo, timerosal (Merthiolate), neomicina e em estado febril. Passada a fase da febre, a vacina pode ser aplicada normalmente. Nas primeiras 48 horas após a aplicação, podem surgir reações locais como dor leve, vermelhidão ou endurecimento no local da aplicação e, na pior das hipóteses, febre baixa. O início da proteção dá-se entre o décimo e o décimo-quarto dia após a aplicação.
11/04/2019 (00:00)
Visitas no site:  286535
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.