Advocacia Cível, Consumidor e Família

Controle de Processos

Notícias e Artigos

TJSP participa da 1ª Reunião Preparatória para o XIV Encontro Nacional do Poder Judiciário

Encontro foi realizado de forma virtual.   A 1ª Reunião Preparatória para o XIV Encontro Nacional do Poder Judiciário foi realizada nesta segunda-feira (25), com a participação virtual de mais de 700 pessoas, magistrados e servidores do Poder Judiciário brasileiro, muitos deles responsáveis pela área de Gestão Estratégica dos tribunais. Representando o Tribunal de Justiça de São Paulo, estavam os juízes assessores da Presidência José Augusto Genofre Martins (Planejamento e Gestão), Claudia Maria Chamorro Reberte Campaña e Juliana Amato Marzagão (Contratos); a juíza assessora da Corregedoria Geral da Justiça Márcia Helena Bosch e a diretora de Planejamento Estratégico do TJSP, Carmen Giadans Corbillon. Na abertura, o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, representando o presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, destacou a produção do Judiciário nacional durante os últimos dois meses de isolamento social e trabalho remoto, com milhões de decisões. Também foi mencionado o lançamento da Base Nacional de Dados do Poder Judiciário (DataJud), sistema de gerenciamento de informação e de produção de estatística que reunirá todos os dados relevantes sobre processos judiciais em uma base única, permitindo a utilização dos recursos da ciência de dados como subsídios centrais na definição das políticas judiciárias. O objetivo é otimizar as rotinas de trabalho de magistrados e de servidores. Segundo o secretário especial de Programas, Pesquisas e Gestão Estratégica do CNJ e juiz auxiliar da Presidência, Richard Pae Kim, é provável que haja expansão do uso da tecnologia no retorno às atividades pós-pandemia. Ele também apontou que o teletrabalho deverá voltar a ser tema de profundo debate. “A realidade nos obriga a repensar muitas ações a fim de melhorarmos a prestação do serviço judicial e atendermos as necessidades do país e do cidadão.” O secretário-geral do CNJ, desembargador Carlos Vieira Von Adamek, finalizou o encontro com agradecimentos em nome do presidente do CNJ, ministro Dias Toffoli. A segunda reunião preparatória está prevista para setembro deste ano.   Prêmio CNJ de Qualidade 2020 Na mesma ocasião, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apresentou o regulamento do Prêmio CNJ de Qualidade para o ano de 2020. O prêmio foi criado em 2019, em substituição ao antigo Selo Justiça em Números, implementado desde 2013. Todos os tribunais participam da premiação. Há mudanças nos critérios de pontuação e avaliação a pedido dos tribunais. Vários itens foram incluídos, especialmente os relacionados à produtividade e melhoria da qualidade de prestação jurisdicional. Um dos aspectos ressaltados na avaliação foi a produtividade e o tempo que os tribunais levam para julgar os processos relativos aos casos de violência doméstica e familiar contra a mulher e feminicídio. Também foi considerada a situação emergencial do país e, consequentemente, do Poder Judiciário, com o enfrentamento à pandemia da Covid-19. Para cada um dos requisitos, é atribuído um valor de pontuação, com itens diferenciados por segmento de Justiça. Os tribunais que alcançarem melhor colocação entre aqueles do mesmo ramo serão reconhecidos pelo Prêmio CNJ de Qualidade nas categorias “Diamante”, “Ouro” e “Prata”. A portaria será publicada no Diário de Justiça nos próximos dias. Com informações do CNJ.   imprensatj@tjsp.jus.br   Siga o TJSP nas redes sociais: www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial
27/05/2020 (00:00)
Visitas no site:  579636
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.